25.jpg
Fortaleza, uma cidade que vive a criatividade

Em Fortaleza a criatividade é, sobretudo, fruto da necessidade, simbolizando a capacidade da população em buscar alternativas para superar a pobreza e a exclusão. O talento para o comércio faz da Capital um locus de bens e serviços com importante dimensão cultural e criativa, com ênfase na atuação em rede dos nano, micro e pequenos empreendedores dos setores da Economia Criativa. O Plano Estratégico Fortaleza 2040 tem no seu escopo o Plano da Economia Criativa, que busca superar o desafio da desigualdade de oportunidades a partir da criatividade, favorecendo a ação coletiva e colaborativa dos segmentos culturais nos processos produtivos.

O design em Fortaleza aparece também na melhoria da mobilidade urbana (redesign urbano das vias de maior circulação, implantação de ciclovias e ciclofaixas, viadutos, calçadas acessíveis, além do pioneirismo no País na introdução de automóveis elétricos de uso público), dos equipamentos de acessibilidade às praias, assim como da requalificação de áreas centrais degradadas. Os projetos “Mulheres Empreendedoras” e o “Meu Bairro Empreendedor” tem como objetivos financiar empreendimentos criativos em áreas de baixo IDH-bairro da cidade, tendo a Economia Criativa como impulsionadora de transformações socioeconômicas da população.